Pr.Samuel Lemos: A virgindade já era?

Pr.Samuel Lemos: A virgindade já era?

A sociedade despreza os princípios de pureza bíblicos. Como um jovem pode se manter puro?

Esta vida não é tudo o que há. Ela é apenas um ensaio geral, antes da verdadeira produção. Passaremos muito mais tempo na eternidade, do que aqui.
A terra é um lugar de preparação, uma pré-escola, um vestibular para a vida na eternidade. É o treinamento coletivo que ocorre antes do jogo; a volta de aquecimento antes do início da corrida. Esta vida é uma preparação para a próxima.

Vive-se, atualmente, no máximo de cem a cento e vinte anos sobre a terra. Porém, viveremos para sempre na eternidade.
O tempo aqui é “apenas um parêntese da eternidade“.

Fomos feitos para a eternidade, a ponto de a Bíblia dizer que Deus plantou a eternidade no coração do homem – Eclesiastes 3.11: “Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim“.

Uma das etapas da vida que passamos aqui na terra é a adolescência, um período em que ocorrem mudanças complexas, físicas e mentais no ser humano. É uma transição da infância para a juventude. Tais alterações podem produzir comportamentos que se chocam com a vida em sociedade. Muitos adolescentes agem como se achassem que a eternidade é aqui e praticam atos morais reprováveis; outros por desconhecerem suas mudanças, não as compreendem e acabam se rebelando contra pais, mestres, autoridades…

Há, também, aqueles que sofrem profundas modificações, mas as ignoram e rejeitam, pois não concordam e não entendem. Esse quadro nos conduz a uma pergunta:

– O que provoca tantas mudanças nos adolescentes?

Podemos dizer que a ação hormonal está entre as principais causadoras dessas modificações. Nesse turbilhão de acontecimentos, os hormônios sexuais estão entre os mais secretados nesta fase da vida humana. Eles podem comandar as mudanças físicas, comportamentais, emocionais e sociais do jovem adolescente.

Na puberdade, o interesse sexual coincide com a vontade de namorar e, segundo pesquisas, esse despertar sexual tem surgido cada vez mais cedo entre os adolescentes.

O adolescente, impulsionado pela força de seus instintos, juntamente com a necessidade de provar a si mesmo sua virilidade, e na sua independente determinação de conquistar uma pessoa do sexo oposto, contraria com facilidade as normas tradicionais da sociedade, bem como os aconselhamentos familiares, e começa, avidamente, o exercício de sua sexualidade.

Há uma corrente moderna, porém bizarra de pensamento que pretende associar progresso, modernidade, permissividade e liberalidade (para não dizer libertinagem) a uma mistura do que seria melhor para o ser humano. E quem, porventura, ousar se contrapor a esse esquema correrá o risco de ser rotulado de retrógrado.

Até as pessoas de bom senso silenciam diante da ameaça de serem tidas por preconceituosas. É de interesse da cultura pós-moderna desenvolver uma cegueira cultural contra um preconceito ainda maior, do qual nem se apercebe: o que visa desacreditar as pessoas cautelosas e sensatas, os chamados “conservadores“, e designá-los a uma espécie designada de “atravancadores do progresso“.

As atitudes das pessoas são estimuladas e condicionadas tanto pela família quanto pela sociedade.

A sociedade tem passado por profundas mudanças, inclusive empurrado “goela abaixo“ a sexualidade na adolescência, e a gravidez. Portanto, à medida em que os tabus, inibições, tradições e comportamentos conservadores vão diminuindo, a atividade sexual e a gravidez na infância e juventude vão aumentando.

Chegamos no ponto em que uma jovem se inibe diante do fato de ser virgem. Envergonha-se em falar às amigas, para não ser isolada do grupo, ou humilhada por ele.

– Por que se tem que praticar o sexo quando ainda não é hora, quando nem o organismo está pronto para ele?

Virgindade é um conceito bíblico de pureza. O que é melhor: entender a vontade de Deus, que quer nosso bem e felicidade, ou satisfazer caprichos humanos incoerentes e desconectados?

Aquele que acredita que a Bíblia é a vontade de Deus para o ser humano, precisa ser o diferencial, nesta sociedade. Mesmo que os hormônios gritem e exijam, o coração e a mente do jovem que se ancorou nas Escrituras pode receber forças para remar contra a maré.

Virgindade é mais abrangente do que se imagina

– O que pensar quando nos deparamos com um adolescente virgem?

Quando as motivações são sinceras, responsáveis, e para a glória de Deus, devemos nos alegrar e exaltar o nome do Senhor, pois ainda há jovens que entendem, pela graça e misericórdia, o significado de se manter puros, enquanto aguardam a ação de Deus na escolha do cônjuge.

Se todos desenvolvessem dois princípios divinos: Santificação de vida e Fidelidade conjugal, não haveria AIDS nem outras DSTs (Doenças Sexuais Transmissíveis), gravidez indesejada e nem abortos criminosos.

O que diz a Palavra de Deus no que se refere ao comportamento de seus servos, de qualquer idade? – Seja um exemplo de vida no processo de santificação em um mundo decaído.

O sábio Salomão escreveu lições oportunas para a juventude. No capítulo 4 do livro de Provérbios, podemos salientar preciosos conselhos. Vejamos alguns, que considero mais importantes e esclarecedores. Fiz um resumo de cada um, para facilitar a compreensão. Vamos dar uma olhada:

Versículos

10 – aceitar as palavras de sabedoria contidas em Provérbios conduz a muitos anos de vida.

11 – o caminho da sabedoria está apresentado, bem como a vereda da retidão está ao alcance de nossos pés.

13 – a instrução serve para a vida de quem a guarda.

18 – o caminho de quem faz justiça é como a luz da aurora.

22 – as razões das palavras sábias significam vida para quem achá-las e saúde para o corpo.

23 – o coração é a fonte da vida; deve ser guardado dos males.

24 a 27 – sábios conselhos para quem quer se livrar do mal: desviar a boca da falsidade e da perversidade dos lábios.

Nossos filhos precisam aprender o que Deus diz em sua Palavra, para aplicarem em seu estilo de vida. A maneira de viver indica se o Senhor é o condutor de nossos caminhos. Manter-se puro é um dos princípios que encontramos.

1 Tessalonicenses 4.3 diz: “Pois esta é a vontade de Deus, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição.“ Essa palavra, no original, é mais abrangente do que em português. Refere-se a todo tipo de utilização da sexualidade fora do casamento.

Hebreus 13.4 diz: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e os adúlteros“. – Fora do leito conjugal, o que ocorrer de sexo é considerado impuro.

Que a pureza seja um marco dos filhos de Deus. Ele, como Pai, deseja o melhor para nós.

Como pais, também desejamos o melhor para nossos filhos. O que nós, pais, pensamos, o que dizemos, e como o dizemos, influencia grandemente a vida de nossos filhos. Seus valores serão, em muito, estabelecidos com base nisso.

Quando os pais são um bom exemplo para a família, nos princípios vividos e transmitidos, isso fornece aos filhos uma armadura contra as influências negativas da sociedade em redor deles.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s