BMW lança nova geração da R 1200 GS no Brasil partindo de R$ 73,4 mil / pr.samuel lemos.

BMW lança nova geração da R 1200 GS no Brasil partindo de R$ 73,4 mil  /  pr.samuel lemos.

Moto mais vendida da marca no mundo tem novo motor de 125 cavalos.
Modelo possui opção base Sport e a top de linha Premium, por R$ 83,9 mil.
A BMW lançou nesta quarta-feira (17) a nova geração da R 1200 GS, sua moto mais vendida no mundo, no Brasil. Lançada no Salão de Colônia de 2012, o modelo chega com preços variando de R$ 73.400, versão Sport, a R$ 83.900, na top de linha Premium. De acordo com a empresa, a moto é líder de vendas mundial no segmento das aventureiras, chamado de maxtrail.
Com alterações profundas em seu conjunto, a R 1200 GS tem novo motor que passa a contar com misto de refrigeração líquida e a ar; agora tem 125 cavalos de potência e 12,74 kgfm de torque. A versão anterior tinha 110 cavalos de potência e 12,23 kgfm de torque, com preço a partir de R$ 70.900.
Este aumento de potência leva a GS a ficar mais próxima, neste quesito, em relação às rivais mais novas: Ducati Multistrada e KTM 1190 Adventure – ainda não presentes no país. Outras concorrentes são Triumph Tiger Explorer, Yamaha Super Ténéré, Kawasaki Versys 1000 e Honda VFR 1200X Crosstourer – todas já disponíveis no país.
Segundo a empresa, a R 1200 GS possui dois pequenos radiadores, que estão integrados às carenagens, juntando-se ao sistema que já tinha injeção eletrônica. Apesar de manter a tradicional disposição boxer – com cilindros opostos – e mesma cilindrada (1.170 cm³), o propulsor foi redesenhado. O câmbio é de seis marchas.
O visual, apesar de manter as caraterísticas tradicionais da aventureira, foi renovado por completo e trouxe modernidade ao conjunto. Mesmo assim, a “marca registrada” do modelo, o motor boxer, com seus pistões saltados lateralmente, foi mantido.

Suspensões semi-ativas
O sistema de amortecimento foi recalibrado e passam a contar com sistema semiativo eletrônico – no modelo anterior a suspensão era somente eletrônica -, reservado à versão Premium. Segundo a empresa, sensores captam o tipo de terreno e modo de utilização da motocicleta e automaticamente adaptam os amortecedores para o melhor tipo de uso. A regulagem é feita por meio de válvulas controladas eletronicamente.

Seu chassi também é totalmente novo e conta com estrutura tubular de aço, que deixou o conjunto mais rígido, informa a BMW. O peso seco total da moto (com ABS) é 238 kg e a distância do solo aumentou 8 mm. A transmissão secundária continua feita por eixo cardã, transmitindo robustez, porém, ele agora está fixado do lado esquerdo da moto – antes ficava do lado direito.
Modos de condução
A nova R 1200 GS traz muita eletrônica embarcada. Além da suspensão eletrônica, tem freios ABS, controle de tração e acelerador eletrônico. O modelo tem cinco modos de condução, em ambas versões: Rain, Road, Dynamic, Enduro e Enduro Pro.

Dependendo do padrão escolhido, os sistemas eletrônicos de segurança e a injeção eletrônica funcionam com maior ou menor esportividade.
O sistema de freios, produzido pela marca Brembo, foi revisado, assim como o ABS – de série na moto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s