OS-2

Cuidado

ImagemCuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas.

Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores…

Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você, afinal, você merece muito mais que qualquer coisa.

Cuidado com os amores passageiros… eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam…

Cuidado com os invasores do seu corpo… eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem…

Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar… eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena…

Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí… elas costumam estragar o nosso referencial da verdade…

Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos… elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo.

Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz.

Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito…

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta “que os sonhos não envelhecem…”

Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

Deus resolveu reformar o mundo, e escolheu o seu coração para iniciar a reforma.

Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu pra duvidar.

Anúncios

Fidelidade conjugal

Imagem“Jardim fechado… Eu sou um muro, e os meus seios como as suas torres; sendo eu assim, fui tida por digna da confiança do meu amado”. (Gn. 2:24,25) Quem ama não trai. Com certeza não existe maior traição da confiança do que a infidelidade conjugal. POR QUE PESSOAS TRAEM?

Causas não-neuróticas:
Insatisfação sexual no casamento que pode levar a busca de compensação. A perda de atração pelo companheiro(a). O desejo sexual vai ficando reprimido e as fantazias vão se multiplicando até levar ao adultério. A excessiva absorção no trabalho, pode produzir no outro uma sensação de rejeição e abandono. O tédio, que vem da repetição, da rotina e que gera indiferença sexual e emocional. Extensos períodos de ausência. A pressão do estar longe de casa durante longos períodos de tempo pode ser esmagadora. Doenças físicas de vários tipos. Gestações sucessivas.

Causas neuróticas:
 Os “mimados” – são aqueles que acreditam que precisam de tudo o que desejam. Encaram caprichos temporários com necessidades básicas. Os casos nunca correspondem sua expectativas, que são, aliás, irreais (ex: a síndrome do fim de semana perfeito, do sexo perfeito).
 Os “narcisistas”- eles se consideram irresistíveis, têm uma necessidade constante de reconhecimento e admiração, uma enorme preocupação consigo mesmos e uma total incapacidade de corresponder. Adultério para eles é uma experiência de auto – engrandecimento.
 Os “os fujões” – são aquelas pessoas que estão fugindo não apenas de si mesmas, mas da própria vida.
 Os “imaturos”¬ – são os que através da infidalidade procuram afirmar, provar eternamente sua masculidade ou feminilidade. A vida se transforna num teste contínuo de sedução. A mola propulsora desse comportamente é ansiedade.
 Os “inseguros” – são pessoas que se autodesvalorizam, não se respeitam e não têm auto estima. Usam o adultério como fuga.
 Os “vazios” – são os que sofrem de um grande vazio existencial e se recusam a dar um sentido para a própria vida. Estes vão tendo relacionamento promíscuos para encobrir a falta de nexo dentro de si mesmos.
 Os “vingativos”- São os que traem tendo como motivação um sentimento de vingança.

A fidelidade conjugal da segurança ao casamento e garante a bênção de Deus na vida do casal. Veja o a Palavra de Deus diz: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros”. (H. 13:4) Na verdade, o adultério é a manifestação da necessiade de cura, libertação interior.

 

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA EDUCADORES SOCIAIS CRISTÃOS NO TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA EDUCADORES SOCIAIS CRISTÃOS NO TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUÍMICOS

 

CARTA ABERTA AOS JOVENS

44521_219519841512493_61770443_n - Cópia - CópiaCaro Jovem

Não há nada de antiquado no fato de procurar se comportar com dignidade nas tuas relações com o sexo oposto. O teu corpo não é um objeto, nem um qualquer mecanismo que você não possa controlar.
Numa relação, o afeto é muito mais importante do que o sexo. A falta de carinho leva a que as pessoas acabem por se tornar agressivas uma com a outra. Nunca te precipites. Os contatos sexuais não te farão mais próximo de quem julgas gostar.
É uma grande ilusão confundir-se atração física com amor. Deixa as experiências sexuais para quando você tiver uma relação verdadeiramente madura (CASAMENTO), ou podes ter a certeza de que, mais cedo ou mais tarde, tudo se desmoronará. Não coloques o prazer à frente do carinho e do respeito. Deixa que o tempo exerça a sua ação. Já experimentou comer um fruto ainda verde?
Fala-se muito de amor, quando, na maior parte dos casos, tudo não passa de aparência. Não antecipes experiências que só devem ser vividas quando houver respeito e ternura bastantes para tornarem sólida uma relação. De outra forma, apenas encontrarás o vazio.
A precipitação pode ter consequências sérias: uma gravidez não planeada, por exemplo. Interrompe-se a gravidez, você diz. E achas correto matar uma vida, sobretudo quando foi a tua irresponsabilidade que a criou?
Não te esqueças também das doenças transmissíveis por via sexual, e do enorme sofrimento que poderão causar. Você pode pensar que relações sexualmente protegidas serão a solução. Pois convence-te de que a solução consiste em te tornares interiormente adulto e responsável, e aprenderes a agir com retidão e dignidade.
O ser humano não é um animal irracional que atua impelido pelo cio. É um ser pensante e criativo, com capacidade de escolha e de decisão, e que tem o dever de refletir sobre os seus atos.
Os muitos filmes e novelas incessantemente despejados na cabeça das pessoas distorcem o sentido da conduta humana, induzindo à vulgaridade e à imitação de comportamentos grosseiros, quando não claramente anti-éticos.
Você desenvolver o teu espírito crítico, para não te limitares a ser mais uma ovelha de um imenso rebanho obtuso e amorfo, que se deixa conduzir por qualquer um.
Não esqueças que a vida é uma oportunidade demasiado preciosa para a desperdiçares com caprichos e fantasias. Procura a justiça e tenta contribuir para uma sociedade melhor.

Com o desejo sincero de que sejas feliz.
pastor: samuel lemos.

A SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS.

ImagemCerto dia, um motorista de ônibus da cidade de Nova York, cansado com os problemas no lar e no trabalho, rumou de ônibus para as ensolaradas praias da Flórida. Lá, acampou no ônibus e desfrutou a vida nas águas tropicais.

Quando foi pego, aconteceu algo estranho. A imprensa, radio e TV anunciaram, de modo amistoso, que ele havia  roubado o ônibus. Quando o motorista finalmente foi forçado a entrar no ônibus e voltar pra Nova York, milhares de pessoas se enfileiraram na rodovia e acenaram para ele como se fosse um herói !

Porque essa reação diante de um roubo declarado ? Na verdade o motorista fez na vida real o que muitos apenas sonham fazer – ele fugiu de seus problemas !

Mas, afinal, não se ganha nada com esse método de lidar com as dificuldades. A dureza de um dever deveria nos desafiar em vez de nos assustar.

Fugir dos problemas pode parecer a melhor maneira de lidar com eles. Alguns tentam fazer isso apelando para bebidas alcoólicas e outras drogas. O ser humano tem usado esse método para lidar com as dificuldades desde que descobriram o processo de fermentação do suco de fruta. A passageira sensação de bem estar, que o álcool e outras drogas provocam, dá as pessoas a impressão de que escaparam de seus problemas, ou de que alcançaram o sucesso sem “sangue, suor, lutas e lágrimas” exigidos pela realidade. Mas o poder enganador do álcool e das outras drogas, não traz nenhum bálsamo curador para os nervos em frangalhos nem para a pressão alta. Quando passa o efeito entorpecedor, os problemas ainda existem e é bem provável que tenham aumentado ! A pessoa que ama verdadeiramente a vida, e quer aproveita-la ao máximo, tentará desenvolver suas faculdades em vez de embotá-las.

A saída para os problemas, que o tempo me mostrou ser a melhor, é sempre encarar os obstáculos da vida com nossas faculdades funcionando a todo vapor. Eis a saída ! Quando fazemos isso é surpreendente notar como as dificuldades desaparecem e o temor desvanece. Pense nisso.

Pr: Samuel Lemos

Vai ser feliz, moleque.

Imagem

Vai ser feliz moleque
Vai pra um lugar onde você jogue pra 80 mil pessoas, num tapete, e eles aplaudam cada vez que você passar o pé em cima da bola ou a cada vez que você tentar uma carretilha. Onde os caras vão tentar te marcar, e não tentar quebrar a sua perna. Onde eles deixem você jantar em paz, deixem você sair com sua namorada global sem um milhão de cliques, onde você não precise ficar trancafiado três dias numa concentração. Onde você vai poder fazer quatrocentos mil comerciais, sem ninguém questione se isso afeta ou não o seu desempenho no campo. Onde você vai poder jogar duas vezes por semana, vai poder jogar pela seleção em datas FIFA, sem deixar o teu clube órfão do teu talento.
Onde você não vá jogar com tanto perna de pau, contratados por diretores que não entendem lhufas de futebol.
Lá, você não vai ser o único no meio de um monte de miseráveis. Lá, você vai ser mais um dos acima da média.

E sei que, no futuro, você vai voltar pra fazer exatamente o que o Robinho fez com você: ajudar a explicar pra um outro neguinho de canela fina e folgado pra caramba, que, no Santos, OS TORCEDORES não gostam só de ganhar, mas tambem do show que só você sabe dar com aquela camisa branca e com a bola no pé.

“Namoro Cristão”

ImagemA juventude é a fase dos sonhos da robustez, da energia , força física ,das grandes oportunidades etc.
Apesar das contritas pressões e desafio na fase da juventude, é possível agradar e levar Deus á sério;
vejamos um dos temas que fazem parte da vida dos jovens:
                                                              NAMORO

Definição: é um período de conhecimento mútuo de duas personalidades entre duas pessoas do sexo oposto, com a finalidade de irem para um possível casamento; é o primeiro passo para o casamento.

OBJETIVOS DO NAMORO

Sendo uma fase de conhecimento é preciso que o jovem saiba que este conhecimento não é físico, e sim, cultural, psíquico, temperamental, espiritual, e do caráter, em fim, tudo que se diz respeito da personalidade do outro.

“ Portanto procure conhecer bem ele(a) hoje para não se arrepender amanhã”.
CONSELHOS PARA OS JOVENS SOBRE O NAMORO

A) A oficialização do namoro é muito importante; cuidado com o namoro “clandestino”.

B) Cultivem o hábito de orar e ler a Bíblia juntos.

C) Evitem namorar todos os dias; nunca namorem em lugares escuros e desertos, ”a famialidade gera desrespeito”.

D) O namoro não deve ser longo de mais ou curto de mais.
E) Quando surgir dúvidas ou problemas, procure conselheiros idôneos, de confiança e cristãos.

F) Evitem carícias no namoro; evitem a todo custo.

G) Ao saírem para passear procurem ir a lugares aonde vão se divertir, mas para glória de Deus.

H) Não se esqueça: santidade –Comunicação – Sinceridade – e compromisso, são palavras de ordem no namoro.

A IMPORTÂNCIA DO NAMORO.
 Uma pergunta que é constantemente feita nos seminários que realizo para jovens: Porque é importante namorar?
                                                          Eis algumas razões:
  •  É nesse período que se dá o processo de verbalizar sentimento; o dialogo é indispensável no namoro.
  •  Início do ajustamento conjugal, cultural, psíquico, temperamental, emocional e espiritual.
  •  Deus usa esse período para transmitir lições para jovens, porque o namoro tem dimensões espirituais para os espirituais.
  •  Deus também usa para moldar o caráter de seus filhos.
  •  É importante namorar, porque deve ser usado como espécie de teste do sentimento de ambos por isso que não é recomendável que o namoro seja curto, é preciso tempo suficiente para provar da colides e verdade dos sentimentos dos namorados. Por outro lado, o namoro não deve ser longo de mais: “A familiaridade gera o desrespeito.”
A diferença de amor e paixão

Amor – É algo que cresce e se desenvolve.
Paixão – É repentina, aparece num momento.
Amor – Baseia-se no compartilhar mútuo.

Paixão – Baseia-se na satisfação egoísta.
Amor – Concentra-se em uma pessoa como alvo.
Paixão – Tem dificuldade de amar uma só pessoa.

Amor – Caracteriza-se por segurança e confiança.
Paixão – Caracteriza-se por insegurança e ciúmes.

Amor – Compreende que o físico é uma parte do amor.
Paixão – Compreende que o físico é o centro e o mais importante.
Amor – Há respeito mútuo.
Paixão – Há exploração ou manipulação por parte de um.
AMOR – Seus ideais se baseiam na realidade de sua personalidade e possibilidades.

Paixão – Seus ideais se baseiam em fantasias.
AMOR – O amor os leva a crescer conhecer e ajustar-se.

Paixão – As emoções são inconstantes, sente amor e repudio uma vez ou outra.
AMOR – Ajunta-se e buscam o melhor para o outro.
Paixão – Há competição para ver quem tem a última palavra.

QUANDO O NAMORO SE TORNA MUNDANO OU CARNAL

Se alguém me pergunta: Qual o maior problema entre os casais de namorados hoje em dia?Eu responderia: A infiltração carnal e mundana no namoro dos nossos jovens.
Vejamos os passos que levam os jovens a prática da fornicação e do adultério no namoro:

CARINHO- CARÍCIAS – PERMISSIVIDADE E DESCONTROLE.
“Será que você pode carregar fogo no colo sem queimar a roupa?”.“Será que você pode andar em cima das brasas sem queimar os pés?” (PV. 6.27-28).

RAZÕES PARA NÃO PRATICAR O SEXO ANTES DO 

 CASAMENTO

Infligem ás leis divinas. (1Ts. 4.3.8/ Co. 3.16.)

Interrompem á comunhão com Deus.

Prejudica a comunhão do casal.

A atração física suplanta o amor.

Acarreta risco de contrair doenças venéreas.

Leva a um comportamento sexual vicioso.

Transforma-se em um caminho de fácil experiência

extraconjugal.

Desperta o sentimento de inferioridade.

Desfaz o encanto do relacionamento físico no contexto do

casamento.

Faz nascer um ressentimento e corrói o respeito.

Destrói a confiança e suscita o medo de comparação.

Há risco de uma gravidez indesejada.

Mancha a reputação.

Estremece o relacionamento entre país e filhos.

Em casos de rompimento, este será mais doloroso.